1

Kandinsky - Tudo começa num ponto - CCBB [exposições] SammyFreitas

Posted by Samantha Freitas on 23 de fevereiro de 2015 06:00 in , , , , , , ,

Kandinsky: Tudo começa num ponto

Em dezembro eu soube que Kandinsky vinha ao RJ. E já fiquei ansiosa. Te explico o porquê dessa comoção toda... Há cerca de 20 anos, comecei a me interessar por arte. Conheci alguns impressionistas, depois o cubismo de Van Gogh. Mas a minha grande paixão só despertou com os abstratos de Kandinsky e o dadaísmo de Miró. E eles se tornaram tão amados, que pedi uma reprodução de presente de casamento.

Estou muito longe de ser uma conhecedora de arte, mas Kandinsky, em minha opinião é um artista mais do que completo porque ele transita facilmente por vários tipos de arte. Ele aprendeu música bem jovem e isso o tornou sensível o suficiente para ser capaz de usar a harmonia em seus quadros. Ele foi poeta e também dirigiu alguns filmes mudos abstratos. Tudo isso me tornou uma grande fã dele. 

Fui à Exposição no CCBB no dia 20/02/15 e foi uma experiência fantástica. Pude conhecer toda evolução da carreira dele - desde quando começou usando de técnicas impressionistas, para depois criar seu próprio estilo e se tornar o precursor da pintura abstrata. 

Por ser um artista independente, ele foi extremamente influenciado pelo folclore e os contos de fadas de histórias que sua família contava quando era criança. Todas as histórias surreais influenciaram seu estilo, tudo aquilo que não tinha uma explicação lógica, o fascinava. 

Nesses quadros, conseguimos ver também a influência religiosa. São Jorge, e o dragão, suas primeiras representações por Kandinsky até que ele quebra os paradigmas ao criar um São Jorge abstrato. 

"O artista é a mão que, ao tocar nesta ou naquela tecla, 
obtêm da alma a vibração justa." 


arte de Kandinsky consegue chamar atenção porque existe um pouco da história dele em cada traço. Todos os caminhos e histórias que viveu e conheceu, passam a fazer parte de suas obras; assim, sentimos que a arte é uma porta de entrada para a alma de Kandinsky.  

“Eu vi todas as minhas cores em espírito, diante dos meus olhos. 
Selvagens, linhas quase loucas foram esboçados na minha frente”. 



A Exposição é muito completa. Sejam ao caminharmos pelas salas conhecendo sua história e percebendo sua evolução em cada quadro, em cada objeto, em cada xilografia ou pintura em vidro... Seja sentando na sala do cofre e assistindo aos filmes mudos e abstratos, dirigidos por ele, ou mesmo o ápice. A verdadeira experiência sensorial na Sala Imersiva. Na verdade, se pensar bem, não é bemmm uma sala. O átrio central do CCBB possui um circulo de cortinas brancas. E pessoas caminham com óculos no rosto. 

"O abstrato é um espelho do artista e um espelho do espectador. 
A identificação é instantânea."

Claro que quis participar da experiência, sem me importar com a fila. Observei que o teto da rotunda estava coberto com uma lona, tornando aquele ambiente outrora tão claro com um pouco mais de penumbra. 

E então um rapaz dá as instruções tão rapidamente... Coloque os óculos, olhe para cima até ver um círculo amarelo, ponha os fones no ouvido e aproveite a aventura. E que aventura! 

“As cores são a chave, os olhos o machado, a alma é o piano com as cordas”.

Não consigo explicar a sensação e a emoção que senti. Racionalmente falando, ouvíamos um quarteto de cordas e conforme virávamos nosso corpo e o rosto, a imagem se movia no óculos. Emocionalmente falando, você esquece o mundo a sua volta e faz um giro de 360º pela imagem. A única coisa que tenho a reclamar foi o fato de ter uma certa dificuldade para enxergar sem óculos, daí o meu olho direito enxergava tudo meio embaçado. (e mesmo assim, me proporcionou uma experiência única!)

Um artista tende a juntar dois mundos já que pintar é detonar um choque de mundos diferentes. Talvez isso tenha um pouco a ver com a junção do mundo real com o mundo imaginário. Kandinsky foi o grande responsável por trazer tantas ideias em forma de cor tornando-se a ponte entre o nosso mundo e o imaginado.

Recomendo que você morador do RJ vá ao CCBB e veja a exposição. Sinta as emoções, perceba que a linguagem musical não é casual, mas sim intencional nas obras de Kandinsky. Ele relacionou o ato de pintar com o de criar música. Era capaz de perceber em cada nota uma cor e poderia transformar partituras em quadros.


Não deixe de parar diante das obras, 
Contemplá-la por alguns minutos e em seguida, fechar os olhos. 


Ouça a música que existem em cada quadro em cada cor... 
em cada forma geométrica, em cada situação harmônica. 


Sinta o quadro. 

Aproveite a experiência.





Exposições no Rio de Janeiro:
CCBB Rio de Janeiro: Tudo começa num ponto - 28/01/2015 a 30/03/2015

A visitação no CCBB do Rio ocorrerá de quarta-feira a segunda, das 9h às 21h, com entrada grátis.



Próximas Exposições:
* CCBB de Belo Horizonte: 15/04/2015 a 22/06/2015
* São Paulo:  19/07/2015 a 28/09/2015 (ainda não sabemos onde será a exposição por lá)






|
Gostou?
0

Palpites para o Oscar 2015 e Ganhadores - SammyFreitas

Posted by Samantha Freitas on 22 de fevereiro de 2015 06:00 in , , , , ,


E finalmente chegou o dia do Oscar! Só não conseguir um dos filmes (Whiplash) portanto, vou postar minhas apostas abaixo. Se quiser conferir o post do Oscar, clique aqui!


Melhor filme (ERREI!!!)
Aqui rolou uma puta dúvida. Birdman ou O jogo da imitação? Ambos foram meus filmes favoritos. Mas acho que Birdman critica demais a academia, e tenho a esperança que o Jogo da Imitação ganhe!

Outros indicados: Birdman Boyhood: Da infância à juventude / A teoria de tudo / O grande hotel Budapeste / O jogo da imitação / Selma / Sniper americano / Whiplash (não assisti)

Melhor diretor (ACERTEI!!!)
Birdman é um filme fantástico, bem dirigido, filmado em tomadas únicas. Tem efeitos especiais na medida certa e ainda trabalha o psicológico dos personagens. Sem contar os paralelos entre ficção e realidade. Minha aposta vai para: Alejandro Gonzáles Iñárritu (Birdman)
Outros indicados: R
ichard Linklater (Boyhood) / Bennett Miller (Foxcatcher: Uma história que chocou o mundo) / Wes Anderson (O grande hotel Budapeste)
Morten Tyldum (O jogo da imitação)

Melhor ator (ACERTEI!!!)
Eddie fez um excelente trabalho de controle corporal, modificação e incorporou tão perfeitamente Stephen Hawking que quase imaginei que era o próprio em sua juventude. Foi uma escolha difícil, porque o Keaton também arrebentou... Mas fico com Eddie Redmayne (A teoria de tudo)Outros indicados: Steve Carell (Foxcatcher) / Bradley Cooper (Sniper americano) / Benedict Cumbertatch (O jogo da imitação) / Michael Keaton (Birdman)


Melhor ator coadjuvante (ERREI!!!)
Daqui não deu tempo de assistir Foxcatcher, 
nem O juiz e nem Whiplash. Mas assisti Boyhood e Birdman. Foi uma escolha difícil, mas vou ficar com Edward Norton (Birdman) palpite
Outros indicados: 
Robert Duvall (O juiz) / Ethan Hawke (Boyhood) / Mark Ruffalo (Foxcatcher) / Mas quem levou na verdade foi: JK Simons (Whiplash)


Melhor atriz (ACERTEI!!!)
Essa vai ser uma escolha mais difícil, pois só assisti dois filmes. E nem posso comparar. Mas vou apostar na Julianne Moore (Para sempre Alice)Outros indicados: Marion Cotillard (Dois dias, uma noite) / Felicity Jones (A teoria de tudo) / Rosamund Pike (Garota exemplar) /Reese Witherspoon (Livre)

Melhor atriz coadjuvante(ACERTEI!!!)
Meryl é a grande queridinha, candidata mais forte, 19 indicações, 3 Oscar's. Mas dessa vez, acho que ela não leva. Voto na Patricia Arquette (Boyhood) palpite

Outros inficados: Laura Dern (Livre) / 
Keira Knightley (O jogo da imitação) / Emma Stone (Birdman) / Meryl Streep (Caminhos da floresta)

Outras apostas:


Melhor filme em língua estrangeira (ERREI!!!)

Ida (Polônia) (vencedor)
Leviatã (Rússia) (minha aposta)
Tangerines (Estônia)
Timbuktu (Mauritânia)
Relatos selvagens (Argentina)






Melhor documentário (ERREI!!!)

O sal da terra
Citizen Four
Finding Vivian Maier
Last days
Virunga





Melhor documentário em curta-metragem(achei melhor não chutar)

Crisis Hotline: Veterans Press 1
Joanna
Our curse
The reaper (La Parka)
White earth
Melhor animação (ACERTEI!!!)(não vi nenhum, essa aposta é do meu filho de 12 anos!) 

Operação Big Hero
Como treinar o seu dragão 2
Os Boxtrolls
Song of the sea
The Tale of the Princess Kaguya





Melhor animação em curta-metragem (achei melhor não chutar)

The bigger picture
The dam keeper
Feast
Me and my moulton
A single life

Melhor curta-metragem em 'live-action' (achei melhor não chutar)
Aya
Boogaloo and Graham
Butter lamp (La lampe au beurre de Yak)
Parvaneh
The phone call





Melhor roteiro original  (ACERTEI!!!)

Alejandro G. Iñárritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris Jr. e Armando Bo (Birdman)
Richard Linklater (Boyhood)
E. Max Frye e Dan Futterman (Foxcatcher)
Wes Anderson e Hugo Guinness (O grande hotel Budapeste)
Dan Gilroy (O abutre)

Melhor roteiro adaptado (ACERTEI!!!)

Anthony McCarten (A teoria de tudo)
Jason Hall (Sniper americano)
Graham Moore (O jogo da imitação)
Paul Thomas Anderson (Vício inerente)
Damien Chazelle (Whiplash)



Melhor fotografia (ACERTEI!!!)

Emmanuel Lubezki (Birdman)
Robert Yeoman (O grande hotel Budapeste)
Lukasz Zal e Ryszard Lenczewski (Ida)
Dick Pope (Sr. Turner)
Roger Deakins (Invencível)


Melhor edição (ERREI!!!)

Joel Cox e Gary D. Roach (Sniper americano)
Sandra Adair (Boyhood) 
Barney Pilling (O grande hotel Budapeste)
William Goldenberg (O jogo da imitação)
Tom Cross (Whiplash)






Melhor design de produção (ACERTEI!!!)

O grande hotel Budapeste
O jogo da imitação
Interestelar
Caminhos da floresta
Sr. Turner






Melhores efeitos visuais (ACERTEI!!!)
Dan DeLeeuw, Russell Earl, Bryan Grill e Dan Sudick (Capitão América 2: O soldado invernal)
Joe Letteri, Dan Lemmon, Daniel Barrett e Erik Winquist (Planeta dos macacos: O confronto)
Stephane Ceretti, Nicolas Aithadi, Jonathan Fawkner e Paul Corbould (Guardiões da Galáxia)
Paul Franklin, Andrew Lockley, Ian Hunter e Scott Fisher (Interestelar)
Richard Stammers, Lou Pecora, Tim Crosbie e Cameron Waldbauer (X-Men: Dias de um futuro esquecido)




Melhor figurino (ACERTEI!!!)

Milena Canonero (O grande hotel Budapeste) 
Mark Bridges (Vício inerente)
Colleen Atwood (Caminhos da floresta)
Anna B. Sheppard e Jane Clive (Malévola)
Jacqueline Durran (Sr. Turner)






Melhor maquiagem e cabelo (ACERTEI!!!)

Bill Corso e Dennis Liddiard (Foxcatcher)
Frances Hannon e Mark Coulier (O grande hotel Budapeste)
Elizabeth Yianni-Georgiou e David White (Guardiões da Galáxia)






Melhor trilha sonora (ACERTEI!!!)

Alexandre Desplat (O grande hotel Budapeste)
Alexandre Desplat (O jogo da imitação)
Hans Zimmer (Interestelar)
Gary Yershon (Sr. Turner)
Jóhann Jóhannsson (A teoria de tudo)

Melhor canção (ACERTEI!!!)

"Everything is awesome", de Shawn Patterson (Uma aventura Lego)
"Glory", de John Stephens e Lonnie Lynn (Selma)
"Grateful", de Diane Warren (Além das luzes)
"I'm not gonna miss you", de Glen Campbell e Julian Raymond (Glen Campbell…I'll be me)
"Lost Stars", de Gregg Alexander e Danielle Brisebois (Mesmo se nada der certo)


Melhor edição de som (ERREI!!!)

Alan Robert Murray e Bub Asman (Sniper americano) vencedor
Martín Hernández e Aaron Glascock (Birdman)(errei)
Brent Burge e Jason Canovas (O hobbit: A batalha dos cinco exércitos)
Richard King (Interestelar)
Becky Sullivan e Andrew DeCristofaro (Invencível)






Melhor mixagem de som (ACERTEI!!!)

John Reitz, Gregg Rudloff e Walt Martin (Sniper americano)
Jon Taylor, Frank A. Montaño e Thomas Varga (Birdman)
Gary A. Rizzo, Gregg Landaker e Mark Weingarten (Interestelar)
Jon Taylor, Frank A. Montaño e David Lee (Invencível)
Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley (Whiplash)

Só para resumir, ficamos assim:


Birdman: 
Indicado a 9 Oscar's, levou 4 Oscar's
Melhor filme
Melhor diretorMelhor roteiro originalMelhor fotografia




Grande Hotel Budapeste: Indicado a 9 Oscar's, levou 4 Oscar's


Melhor maquiagem e cabeloMelhor figurino
Melhor design de produção
Melhor trilha sonora

Whiplash:
Indicado a 5 Oscar's, levou 3 Oscar's

Melhor ator coadjuvante
Melhor mixagem de som
Melhor edição


A Teoria de Tudo: Indicado a 5 Oscar's, levou 1 Oscar

Melhor ator
O jogo da imitação: Indicado a 8 Oscar's, levou 1 Oscar
Melhor roteiro adaptado

Sniper Americano:
Indicado a 6 Oscar's, levou 1 Oscar 

Melhor edição de som










Boyhood: Indicado a 6 Oscar's, levou 1 Oscar

Melhor atriz coadjuvante





Interestelar: Indicado a 5 Oscar's, levou 1 Oscar

Melhores efeitos visuais











Selma: Indicado a 2 Oscar's, levou 1 Oscar

Melhor canção














|
Gostou?

Copyright © 2009 Retalhos Assimétricos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.