2

[Resenha] A Felicidade - Richard Paul Evans

Posted by Nanda Cris on 10 de janeiro de 2014 21:25 in ,
Oi gente!

Ok, dane-se a promessa de Ano Novo... eu comprei! Ok, eu não devia ter comprado... mas precisava saber a continuação deste livro, estava só R$14,00 com frete e ainda por cima eu li logo assim que chegou e não deixei pegando poeira na estante. Isso tem que contar de alguma coisa não é não? kkkk.

Enfim, quebrei a promessa, vida que segue. Vamos à resenha?


A sinopse:
Ainda cambaleante pela perda súbita da esposa, da casa e da empresa, Alan Christoffersen, um ex-publicitário de sucesso, deixou tudo que conhecia para trás e partiu numa extraordinária travessia pelo país. Levando somente sua mochila, saiu de Seattle em direção a Key West, ponto mais distante em seu mapa. Agora, já quase na metade de sua trilha, Alan segue caminhando quase 160 km, entre o Dakota do Sul e St. Louis, mas são as pessoas que ele conhece ao longo do caminho que dão o verdadeiro sentido de sua jornada:
Uma mulher misteriosa que segue Alan por quase dois quilômetros, o caçador de fantasmas que percorre túmulos à procura da esposa, o idoso polonês que dá uma carona a ele e compartilha uma história que Alan jamais esquecerá.
Repleto de verdade e sabedoria, A Felicidade é um romance inspirador sobre esperança, cura, graça divina e o significado da vida. A trilogia virou série.

O que eu achei:
Infelizmente não pude fazer o que sempre faço, acabar de ler e começar a psicografar a resenha loucamente, porque terminei de ler na hora do almoço e quando eu voltei pro trabalho, não deu tempo nem de olhar pro lado, então, as emoções do momento já se perderam e sobrou apenas um resquício do que senti, infelizmente, é o que tem para hoje!

Nesse livro Alan continua ajudando pessoas, mas é ajudado muito mais. Ele vê pessoas amarguradas pela perda de um amor e decide que não quer ser assim. Além disso, aprende a perdoar de coração quem o magoou. Mas o melhor das lições são o modo como elas entram na vida de Allan, fazendo-o crescer como ser humano e nos fazer crescer junto.

O final ficou meio em aberto, não sei se porque o autor decidiu fazer um quarto livro (torcendo muito para que sim!) ou se é aquele tipo de livro que cada um imagina o que aconteceu e fica feliz com seu final inventado. De qualquer maneira, eu recomendo a leitura dos 3 livros, pois ela não só é fluida e passa muito rápido como nos faz pensar.

Update:
Sim! Sim! Sim! 
O 4 já foi lançado lá fora: olha só! E o 5 já está no forno esperando para sair! Olha aqui!

Quer saber mais dos outros livros?
Livro 1: O encontro;
Livro 2: O caminho;

E você, já leu esse livro? Gostou?




|
Gostou?
3

[Resenha] Karma Club

Posted by Nanda Cris on 9 de janeiro de 2014 03:00 in ,

Bom dia lindos leitores retalhenses!

Quem está procurando uma leitura descompromissada? 
Se você for adulto, pode ler que o livro tem seu charme. Se for adolescente ou tiver algum para indicar a leitura, se jogue. O livro é fofo, tem lição de moral mas sem ser piegas. Vamos conferir?


Sinopse:
Madison Kasparova sempre achou que soubesse como o Carma funciona. Aquela força poderosa e cheia de mistérios que traz harmonia para o Universo. Você sabe – pratique boas ações e será recompensado, faça uma má ação e o Carma vai garantir que terá o que merece. É como se fosse um ato de equilíbrio cósmico. Mas quando Mason Brooks, namorado de Maddy por dois anos, foi pego no flagra beijando a Srta. Corpo Perfeito, Heather Campbell, e não aconteceu absolutamente nada para qualquer um dos dois – exceto se transformarem no mais novo casalzinho do Colégio Colonial – pareceu que o Carma havia oficialmente deixado Maddy desamparada. Foi assim que ela e suas melhores amigas, Angie e Jade, decidiram inaugurar o Clube do Carma – uma organização secreta, só para membros, cujo único objetivo era arrumar a bagunça que o Universo estava deixando para trás. Porém, algumas vezes, não é muito inteligente interferir nos desígnios do Universo, pois, quando você apronta com o Carma, o Carma apronta com você. E agora, Maddy terá que achar uma maneira de encontrar novamente o equilíbrio de sua vida, mesmo que tudo à sua volta pareça estar de cabeça para baixo.

O que eu achei:
O livro é bem adolescente mesmo, já que é indicado para este público. Mas como eu estava saindo de uma leitura com mais conteúdo, eu queria mesmo uma sessão da tarde para me distrair. E não me arrependi. O livro é bem leve, engraçadinho, tem diálogos inteligentes e tudo tem um porque e termina com um final bem legal.

Não posso falar muito, porque não há muito para ser dito! Apenas invista nessa leitura leve e se deixe conquistar por Maddy e seu Clube do Carma!



|
Gostou?
6

[Resenha] Tesouro e Sedução - J.R.Ward como Jessica Bird

Posted by Marcinha on 7 de janeiro de 2014 19:34 in , ,

Olá, leitores e retalhenses!
Esse ano prometi-me que cada livro lido ganhará um resenha que será devidamente publicada neste blog. Então, vamos a primeira leitura terminada este ano.


Este livro ganhei da Paty (Obrigada, Paty, amei!):




Foi meu primeiro contato com J.R. Ward, embora eu também possua os dois primeiros volumes da Irmandade da Adaga Negra mas ainda não os li.

Outro detalhe que desejo ressaltar é que leio pouco, de modo que, pode acontecer de algo que seja lugar comum para os demais leitores seja um deslumbre para mim.

Enfim, esta sou eu!

Dito isto, vamos a sinopse:

Ela é obcecada em desenterrar segredos do passado, mas o que descobrirá é mais valioso que ouro... A arqueóloga Carter Wessex é atraída para a Montanha Farrell com o objetivo de resolver um mistério secular, e acaba encontrando uma preciosa ossada. Mas uma coisa está em seu caminho: Nick Farrell, um sexy empresário que não tem paciência com os invasores de suas terras. Carter abandona o projeto... mas Nick continua sua perseguição. Carter logo é tragada para o mistério e para os braços de um homem que ela jurou nunca se apaixonar. Até que os segredos do ouro desaparecido se revelam, assim como os verdadeiros motivos de Nick. Será que tudo o que se passou entre eles foi apenas parte do plano? Quantos segredos mais ele escondeu dela?

E aqui temos mais um daqueles romances que nos faz suspirar... o destino leva nossa jovem e renomada arqueóloga Carter até a montanha que faz parte da imensa propriedade de Nick. Já no primeiro encontro temos um embate regado a teimosia e tensão sexual. Carter Wessex está determinada a escavar a montanha na propriedade de Nick, depois de ter recebido um pista controversa que indicava haver no local um promissor sítio arqueológico. Mas o bilionário bonitão detesta arqueólogos que pretendem escavar a "sua" montanha, que fica praticamente no quintal de sua mansão. Fazendo o melhor estilo "mulher-de-gênio-ruim", Carter bate de frente com o homem, deixando-o bastante interessado. Além do interesse pessoal, Carter pode servir como um peça valiosa para uma manobra que ele pretende realizar envolvendo muito dinheiro, empresas e vingança.

Até aí, o romance é tudo que podemos esperar deste gênero. Um homem e uma mulher sexys se sentem atraídos um pelo outro e as intrigas e desencontros pelo meio do caminho. Entretanto, o diferencial deste livro, é que cada elemento dele tem um tempero a mais.

Carter e Nick são humanos, completamente. São pessoas como eu e você, com desafetos familiares e traumas que os levam a enxergar as coisas de uma maneira bem distorcida de vez em quando. São pessoas que acabam omitindo o que deveria ser dito apenas por defesa, ou falam tudo o que não deveria ser dito num momento de medo ou nervosismo. São pessoas com uma bagagem de vida que os faz ser como são. Uma bagagem que se descortina aos nossos olhos, a medida que vamos lendo e tentando compreender estes dois, ao mesmo tempo em que eles tentam compreender a si mesmos.

E, além de um amor arrebatador, existem amores de todos os tipos nesse livro. Nick, apesar de fazer o tipo solitário, tem em Cort (seu sobrinho), Gertie e Ivan (dois antigos empregados da casa) uma verdadeira família. Pelo seu lado, Carter conta com Buddy, seu parceiro de escavação e amigo de longa data, um cara mais fiel e amoroso que o melhor dos irmãos. Todos são personagens cativantes e ativos, em uma trama que não estaria completa sem a presença deles.

Por fim, meu parecer é de que este é um livro envolvente, de fácil leitura. Pra arrematar possui algumas histórias incidentais que merecem ser destacadas, como as memórias do anel da avó de Nick e a lenda de Red Hawk (faço questão de deixá-lo curioso, leitor!). São facetas que acrescentam um charme a mais à história.

Só posso dizer que adorei o livro... é o tipo de história que, num futuro, lerei novamente.

Recomendo totalmente!




|
Gostou?
3

[Maratona Literária 2.0 - Janeiro 2014] by Sammy Freitas

Posted by Samantha Freitas on 06:00 in ,


Pois é galera! Ano passado, participei da Maratona Literária (confira o post da Maratona Literária 2013 aqui e os meus Resultados aqui).

Para quem não conhece, vamos recapitular... a Maratona Literária é promovida por 6 Blogs: Bookeando, Café com Blá Blá Blá, Garota It, Leiturinhas, Por Essas Páginas e Psychobooks. No ano passado, as pessoas se inscreviam, informavam sua meta - fazendo o possível para aumentar a quantidade diária de páginas lidas. Meu padrão de leitura é algo em torno de 100 páginas por dia, logo, nos 7 dias da maratona, eu teria lido algo em torno de 700 páginas. Como o objetivo é aumentar a leitura, vou subir isso para 1024 páginas o que dá mais ou menos 146 páginas por dia - um aumento de mais de 40% nas leituras...

No ano passado, infelizmente não consegui cumprir a minha meta. Tinha escolhido 4 livros, 1.114 páginas e cumpri 90% dela. Este ano, resolvi ser menos ousada e pretendo caprichar mais na leitura e aí vou fazer o possível para cumprir a meta.


Escolhi livros três livros! São eles:

- Um dia - David Nicholls (Desafio Literário Skoob 2014) - 416 páginas
- O beijo das sombras - Richelle Mead (Tema Clube do Livro de Campo Grande fev/14)- 320 páginas
- O Dom - James Patterson (presente Natal!) 288 páginas


Também tem uns desafios Diários, que vão acontecer nos sites participantes, mas estarei sempre postando por aqui também:

13/01 – Leiturinhas
14/01 – Bookeando
15/01 – Por Essas Páginas
16/01 – Garota  It
17/01 – Café com Blá Blá Blá
18/01 – Psychobooks


E aí? Quem quer participar???








|
Gostou?
3

[Resenha] O Caminho - Richard Paul Evans

Posted by Nanda Cris on 6 de janeiro de 2014 03:00 in ,
Bom dia leitores!

Mais uma resenha para compartilhar com vocês minhas impressões sobre um livro. Vamos lá?


Sinopse:

Alan Christoffersen, um publicitário bem-sucedido, acorda uma manhã e encontra-se ferido, sozinho e preso a uma cama de hospital em uma pequena cidade de Washington. Ele já havia passado por situações extremas quando decidiu atravessar o estado de Washington. Em busca de respostas, essa longa caminhada poderia ser um recomeço para sua vida. Mas, quando encontra-se imobilizado, ele percebe o quanto a vida ainda tem a lhe mostrar e ensinar.
A segunda jornada da série Walk traz ainda mais lições para um homem que busca incansavelmente por esperança e que está disposto a retomar a sua vida de onde parou. Um romance inspirador sobre a esperança e o significado da vida.


O caminho é continuação de O encontro, cuja resenha você pode ver aqui. Os livros são totalmente independentes um do outro, se você só tiver apenas "O caminho" em mãos, leia sem medo. Ele dá um embasamento no início do livro sobre o que aconteceu em "O encontro" e a leitura flui muito fácil.

Como já havia acontecido com o primeiro livro da trilogia, gostei muito do segundo. Neste Adan recupera-se de 3 facadas na barriga que recebeu ao ser abordado por uma gangue, enquanto caminhava numa rua deserta, procurando algum lugar para montar seu acampamento. Injustiça? É aí que está a beleza dessa leitura. Graças a esta pausa forçada em sua jornada, ele salva a vida de uma mulher, e torna a vida de um velho e uma estudante menos triste e solitária.Ele mesmo tira férias de sua tristeza pela perda da esposa, enquanto encontra uma velha amizade e entende o tamanho do amor de seu pai por ele.

Mas o livro não para por aí, trazendo ainda mais vidas para terem seu curso alterado pela jornada de Alan. O final trás uma nova surpresa e um maravilhoso gancho que nos deixa ansiosos pelo desfecho dessa trilogia inspiradora. Infelizmente não tenho "A Felicidade" na minha estante, mas já estou correndo atrás para reparar esse erro.

Uma literatura magnífica, que coloca um bálsamo em nossa alma ferida nos intemperes de nossa vida atribulada. Recomendo.

Quer saber mais sobre o primeiro livro? Clica aqui: O encontro.

E você, já leu esse livro? Gostou?



|
Gostou?
3

[Resenha] O Encontro - Richard Paul Evans

Posted by Nanda Cris on 5 de janeiro de 2014 03:00 in ,
Bom dia meninada!

Domingão, ótimo dia para ficar de bobeira em casa, lendo um livro e recarregando as energias para mais uma semana que já desponta no horizonte, hem? Vamos para mais uma resenha?


A sinopse:

Alan Christoffersen é um jovem publicitário bem-sucedido, comanda sua própria empresa, ao lado do sócio, e é loucamente apaixonado por sua esposa, McKale. Sua vida parece perfeita até que ocorre um terrível acidente enquanto ela montava à cavalo. Alan larga tudo para acompanhar o tratamento da esposa, momento em que Kyle, seu sócio, aproveita para roubar todo o dinheiro da empresa. Então McKale morre. Arrasado, sem a mulher que amava e traído pelo sócio ele se vê sufocado naquele lugar. Então sai de casa sem rumo, com uma mochila nas costas, e inicia uma longa caminhada em direção ao sul. Era uma busca por respostas e um tempo para tentar pensar o que fazer. Durante o caminho ele faz descobertas impressionantes sobre seus sentimentos, conhece pessoas incríveis e vislumbra novamente um sentido para a sua vida. Ele encontra dentro dele algo que jamais lhe poderia ser tirado novamente. Escrita por Richard Paul Evans, autor Best-seller do The New York Times, O Encontro é a primeira história série The Walk, que traz neste primeiro livro uma história emocionante sobre o que fazer quando surgem grandes adversidades na vida e o que podemos aprender com esses momentos

O que eu achei:

Existem pessoas que consideram o Caminho de Santiago no Chile como uma jornada espiritual. Comungamos com a natureza e com nosso interior e saímos desta jornada renovados e nos conhecendo melhor. Alan faz uma longa caminhada, não para encontrar Deus, já que ele deixou de acreditar Nele quando tudo o que pediu lhe foi negado sumariamente, e sim para, quem sabe, encontrar a si mesmo e um novo sentido para continuar vivendo sem a luz de sua vida, sua esposa.

Acho que a síntese principal deste livro é: você pode não entender porque está passando por isso, mas Deus sabe porque e o intuito Dele não é te ferir e sim, te segurar pela mão e te levar sempre pelo melhor caminho. Não pude resistir a compartilhar essa mensagem aqui com vocês, acho que tem tudo a ver com o que estou dizendo:



Tudo tem um porque, não cai uma folha da árvore sem que Deus saiba.

Uma vez minha mãe fez uma analogia muito boa que carrego comigo até hoje. Deus está bordando nossa vida e está tudo muito bonito. Mas nós vemos o bordado por baixo e é tudo confuso e nebuloso, nada parece fazer sentido.


Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará. Salmos 37:5

Esse livro mostra que a maior injustiça tem um porque e abre caminho para algo grandioso. Eu acredito muito nisso e gostei deste livro. A leitura passou rapidamente e eu estou ávida por ler o dois, que já tenho comigo: O caminho. Com certeza é minha próxima leitura!

E você, já leu esse livro? Gostou?











OBS: Sou Kardecista, nem um pouco fervorosa, e não tenho o intuito de converter ninguém com a minha resenha. Quem sou eu pra dar lições para alguém sobre Deus ou os mistérios da vida, quando tive que pesquisar no Google o salmo que destaquei na resenha!?!?!? Apenas expus o que estava sentindo na hora. Desculpe se pareci um pouco bitolada demais. =]

|
Gostou?

Copyright © 2009 Retalhos Assimétricos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.