6

Desafio Literário do Skoob 2014 - by Sammy Freitas

Posted by Samantha Freitas on 14 de dezembro de 2013 06:00 in , , ,


Ok Gente, eu não resisto à desafios. Em 2013, participei de dois desafios literários: Desafio Literário 2013 e Desafio Realmente Desafiante. Consegui ler todos os livros dos dois desafios, no entanto, nem sempre consegui resenhar os livros. Então, 2014 será o ano da virada. Vou manter-me à meta de ler tudo, mas também vou resenhar - nem que seja apenas algumas linhas para dizer o que achei dos livros. 

Então em 2014, participarei de 2 desafios: 

    Jan - Fantasia - A Guerra dos Tronos
    Fev - Romance histórico - O Garoto no convés
    Mar - Policial/mistério - O Inocente
    Abr - Ficção científica - A morte da Luz
    Mai - Romance contemporâneo - O silêncio das Montanhas
    Jun - Livro infantil - Noah foge de casa
    Jul - Chick-lit - Tem alguém aí?
    Ago - Thriller/Aventura - Sob o mar e as pedras 
    Set - Young adult (YA) - O beijo das sombras
    Out - Terror - A estrada da noite 
    Nov - Conto de Fadas/Lendas/Mitos - A Fada
    Dez - Livre - O chamado do Cuco





- O que é?
É uma gincana inspirada no Desafio Literário que pretende estimular os participantes a lerem e a interagirem. A ideia é que possamos usar os livros que já temos em casa, nada de sair comprando mais coisa. Ah, mas eu não tenho todos... Peça a um amigo, empreste da biblioteca, troque, leia em e-book, veja se outro participante tem. Compras, só em último caso.

- Objetivo
Ler e resenhar pelo menos 1 livro de cada tema durante o ano de 2014, ou seja, 12 livros, 1 de cada tema.

- Preciso mesmo fazer a resenha?
Sim, precisa. Não há necessidade de análise profunda ou detalhada. Basta que os participantes escrevam algo sobre cada livro lido, de que trata a história, do que gostaram (ou não gostaram), etc. Além disso, é por meio das resenhas que ficamos conhecendo outros livros interessantes e os textos estimulam as discussões e a interação.

- Preciso ter blog para participar?
Não. As resenhas podem ser publicadas no Skoob mesmo. É só copiar e postar o link na respectiva página do desafio.

- Qual o prazo para postar as resenhas?
Preferivelmente até o fim do respectivo mês. Por exemplo, resenhas de abril deverão ser postadas até o último dia de tal mês. Claro que vocês podem postar um pouco depois, afinal imprevistos acontecem, mas procurem postar no prazo certo.

- Posso ler mais de 1 livro do mesmo tema? Posso resenhar livros lidos em outros anos?
Pode ler mais 1 livro para cada tema, mas a leitura deve ser feita em 2014 e não pode ser releitura. Obviamente, não temos como confirmar se os participantes leram os livros de fato em 2014 ou se já haviam lido anteriormente, mas contamos com a honestidade de todos. O objetivo da brincadeira é que cada um desafie a si mesmo, leia temas que não está acostumado, escreva sobre o que leu, ou seja, a ideia é superar seus próprios limites, não competir com os outros.

- Perdi 1 mês (ou mais) do desafio. Posso participar mesmo assim? Posso participar só de alguns meses?
Pode. Lógico que você não completará 12 meses de desafio, mas ainda assim pode ler os outros temas, escrever e interagir. O que vale é ler e se divertir, gente!

Detalhes de Organização:
- A página oficial do desafio é o grupo “Desafios Literário”, do Skoob (http://www.skoob.com.br/grupo/3168-desafios-literarios). Lá, criaremos um tópico por mês, com o respectivo tema, onde os participantes postarão os links de suas resenhas (publicadas no próprio Skoob ou em blog).
- Haverá ainda um tópico denominado “Desafio Literário Skoob 2014 – Discussão”, no qual os participantes poderão conversar e tirar dúvidas.
- Também abriremos tópicos todos os meses com sugestões de títulos dos respectivos temas. Todos podem sugerir temas. Quanto mais, melhor!

Temas:

Janeiro - Livro que virou Filme
Um dia - David Nicholls

Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.

Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas - vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois.

Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

Fevereiro - Clássico Mundial


História, fantasia, bom humor e fatalidade. Na Paris do século XV, a obra de Victor Hugo narra as ambições humanas e as paixões impossíveis, sendo o principal cenário a mais famosa catedral gótica da Europa. Um rapaz sensível, enjeitado por ser extremamente feio, uma jovem bela e encantadora, porém cigana, uma autoridade religiosa que fez da rigidez seu modo de vida e uma mãe em busca da filha raptada vivem seus dramas publicamente e têm um encontro marcado com a fatalidade. O reverso cômico da história se dá por meio das trapalhadas em que se envolvem um fracassado poeta, um estudante preguiçoso e um garboso capitão de cavalaria.

Ilustrações de Pedro Franz. Coleção Eternamente Clássicos. Título original: Notre-Dame de Paris.

Março - Suspense
Sangue na Neve - Lisa Gaardner

A policial Tessa Leoni matou seu marido, Brian Darby, em legítima defesa. A arma do crime está à vista de todos e os hematomas no corpo de Tessa confirmam a ocorrência. A policial também não fez questão de fugir, ou de arrumar qualquer justificativa para explicar aquele corpo estendido no chão da cozinha, portanto, aparentemente, o que a investigadora D.D.Warren tem à sua frente é o desfecho de uma briga doméstica. Um caso simples. No entanto, ao abrir o inquérito, D. D. terá uma surpresa: este não é o primeiro homicídio de Tessa Leoni e — afinal — onde está a filhinha de seis anos da policial? Será que a policial Leoni realmente atirou em seu marido para matá-lo? Uma mãe seria capaz de prejudicar intencionalmente sua filha? D. D. Warren, a experiente detetive que acredita que desvendar um caso é como mergulhar na vida do criminoso, enfrentará mais uma investigação que a levará a uma busca frenética por uma criança desaparecida enquanto tenta encaixar as peças de um mistério familiar que a levará a quebrar os muros do corporativismo policial.

Abril - Livro escrito por mulher
Garotas de Vidro - Laurie Halse Anderson

Lia está doente e sua obsessão pela magreza a deixa cada vez mais confusa entre a realidade e a mentira. Mas ela perde totalmente o controle quando recebe a notícia de que sua melhor amiga, Cassie, morreu sozinha em um quarto de motel. E o pior: Cassie ligou para Lia 33 vezes antes de morrer. O que começou como uma aposta entre duas amigas para ver quem ficaria mais magra tornou-se o maior pesadelo de duas adolescentes reféns de seus próprios corpos. Ao negar seu problema, Lia impõe a si mesma um regime cruel em que contar calorias não é o bastante. Ao omitir seu desespero, apela ao autoflagelo numa tentativa premeditada de aliviar seus tormentos. Seus pais e sua madrasta tentam ajudá-la a qualquer custo, mas nem mesmo sua doce irmã, Emma, consegue fazer com que Lia pare de se destruir. Agora, Lia precisa encontrar um modo de lidar com todos os seus fantasmas, e a morte de Cassie é um deles. Garotas de Vidro é uma história intoxicante sobre a autorrepugnância e a busca pela identidade. Neste livro, Laure Halse anderson aborda de modo realista a dolorosa condição de jovens que sofrem de transtornos alimentares e sua complicada relação com o espelho e consigo mesmos. 

Maio - Biografia

Primeira biografia em língua inglesa do maior escritor argentino do século XX desde a sua morte, em 1986. James Woodall retrata uma personalidade complexa que tinha duas grandes obsessões: um amor celibatário pelas mulheres e seu ódio pelo ditador Juan Domingo Perón.

Nesta biografia emerge um quadro de um homem complexo que não cortejava a fama nem jamais reconheceu a revolução literária que provocou. Baseado em pesquisas com fontes primárias em Buenos Aires, James Woodall retrata um Borges que o mundo nunca viu- o jovem poeta panfletário obcecado por Walt Whitman e pela gíria argentina; o intelectual tímido sexualmente que se apaixona desastrosamente no momento em que escreve o melhor de sua prosa; o guru das letras latino-americanas cujo único objetivo na velhice era a felicidade doméstica

Junho - Autor Brasileiro
A Batalha do Apocalipse - Eduardo Spohr

Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.

Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedom, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.

Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense


Julho - Livro indicado por outro participante (Indicação Nanda Cris)
Feita de Fumaça e Osso - Laini Taylor

"Um romance de tirar o fôlego, sobre destino , esperança e a busca de si mesmo" The New York Times.


Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu.Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo.O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito.


Agosto - Livro sobre Bruxas
A hora das Bruxas I - Anne Rice

A Talamasca, um grupo com poderes extra sensoriais voltados para o bem, durante séculos pesquisou a vida da família Mayfair, uma dinastia de bruxas que começou no século XVII, na Escócia, transplantou-se para o Haiti e de lá para a fantasmagórica Nova Orleans. É através dos seus volumosos arquivos que vamos descobrir essa saga de seres decadentes e mórbidos, convivendo pacificamente com o incesto, as tempestades e um espírito, meio divindade celta, meio demônio, chamado Lasher.

Cabe agora a Rowan, brilhante neurocirurgiã californiana e herdeira do Clã, decidir-se entre o amor de Michael Curry e a sedução de um ser poderoso que quer ficar nesse mundo para sempre.


Anne Rice, mais uma vez prova por que é a mestra do gótico contemporâneo, dominando, ao mesmo tempo, as rédeas do drama, da inspirada sexualidade e do fantástico.


Setembro - SÉRIE
Aura NegraAcademia de Vampiros - Richelle Mead

A Escola São Vladimir está em alerta após um ataque dos sanguináreos Strigoi. Os Guardiões admirados por suas habilidades e seus grandes feitos, se preparam para entrar em ação. A escola envia seus alunos para um hotel de luxo e bem protegido, porém um imprevisto obriga Rose a deixar a segurança de seu lar e impedir que o pior aconteça. Apenas quando a vida de seus amigos está por um fio é que a heroína descobrirá força dentro de si. 




Outubro - Ficção Científica/Distopia  
A definir


Novembro - Infanto-Juvenil
O labirinto dos ossos (39 Clues) - Rick Riordan

Imagine se você descobrisse que faz parte de uma família de personalidades que mudaram a história. E imagine se, no minuto seguinte, você tivesse que escolher entre herdar um milhão de dólares ou a primeira de 39 pistas para encontrar o maior tesouro do mundo. Essa é a decisão que os órfãos Amy e Dan Cahill devem tomar em apenas cinco minutos. Os irmãos queimam seus cheques e se lançam na busca das 39 pistas. O que eles nem imaginam é que seus maiores inimigos serão os próprios Cahill, uma família dividida em clãs e capazes de qualquer trapaça para chegar ao tesouro.



Dezembro - Lançamento de 2014
Convergente - Verônica Roth

Uma escolha irá te definir. E se todo o seu mundo fosse uma mentira? E se uma única revelação - assim como uma única escolha - mudasse tudo? E se o amor e a lealdade fizessem você fazer coisas que jamais esperaria? A conclusão explosiva para a trilogia Divergente, bestseller mais vendidos do New York Times, revela os segredos de um mundo distópico que cativou milhões de leitores em "Divergente" e "Insurgente"!









Minhas queridas amigas e colegas escritoras Nanda, Paty e Marcinha, conto com vocês para me ajudarem a escolher os livros "A definir" (preferencialmente entre os que já existam na minha estante de livros, rs) Ahhh, não esqueçam que não pode ser nenhum do outro desafio, tá?


|
Gostou?
4

[Nossos Textos] A louça-mãe - by Sammy Freitas

Posted by Samantha Freitas on 13 de dezembro de 2013 10:27 in , , ,



Eu tenho uma teoria sobre a louça suja. Por mais que você lave a louça toda e more com apenas uma pessoa, cinco minutos depois, haverá um copo, ou talher ou mesmo um pratinho dentro da pia. Ninguém admite que o usou, ninguém admite que o colocou para lavar. Ele simplesmente brotou ali. E partindo deste princípio, resolvi bater um papo sobre a louça suja.

É engraçado falar sobre isso, porque na verdade, não conheço uma pessoa sequer que ame fazer tarefas domésticas. Claro que existem pessoas que preferem uma tarefa à outra. Mas gostar, gostar mesmo? Nunca vi. 

Nunca vi ninguém dizendo: "Estou estressada e vou relaxar lavando a louça." 

Ok. Preciso admitir que tem muita gente louca por aí. E pode ser que exista alguma alma maníaca por limpeza com um TOC terrível e por isso largue qualquer coisa que está fazendo para passar um momento feliz entre pratos, talheres, esponjas e detergentes.  

Eu sou uma pessoa extremamente meticulosa. Não vou dizer que adoro lavar a louça, mas é uma tarefa necessária, infelizmente e se é para fazer, que seja feito direito. 

Para falar a verdade, lavar a louça tem toda uma ciência por trás do simples ato de ensaboar e enxaguar. Não basta passar esponja e sabão em tudo. Tem todo um ritual minucioso de separação dos itens (quando a pia está muito cheia), colocar outros tantos de molho, enxugar quaisquer outros que estejam no escorredor para deixar a pia pronta para a lavagem.

Boas mesmo eram as pias de antigamente. Duas cubas! Uma para lavar e a outra para enxaguar. Devo dizer que nunca tive isso na minha casa, mas na casa de vovó, tinham duas cubas. Nós nos dividíamos e a tarefa por vezes se tornava até mesmo divertida - quando em conjunto com as primas.

Almoço de sábado, todos os tios e primos se encontravam em casa de vovó. Muita comida, muita gente, muitos e muitos pratos para lavar depois.

E aí, depois que os mais jovens lavavam a louça com o cuidado de manter incólume todos o aparelho de jantar do casamento de vovó, a pia ficava linda, brilhando e muito limpinha. Os mais velhos se espalhavam na varanda ocupando as redes, almofadas no chão, sofás para tirar o cochilo habitual enquanto eu e meus primos nos divertíamos correndo entre as goiabeiras.

E aí, é que a coisa começava a ficar esquisita. Todos nós - tios, tias, primos e primas tínhamos sido ensinados a sempre lavar o que usávamos. Um de nós, sentia sede e ia à cozinha buscar água... E quando passávamos pela pia, um ou dos copos sobre ela. A casa permanecia silenciosa. Pais, mães, tios e tias, todos cochilando e nós, as crianças, estávamos todas juntas. E aí surgiu o primeiro grande mistério da minha vida: Como diabos aquele copo sujo foi parar ali dentro. 

Traçávamos um perfil e imaginávamos com nossos botões se não haveria algo de sobrenatural sobre a louça que misteriosamente "nascia" na pia.

Claro que eu e duas primas resolvemos investigar. Fãs da "Inspetora" - série de livros que Ganymedes José escrevia para crianças e adolescentes, sempre esperávamos um mistério para resolver.

Não era nenhum roubo, sumiço ou assassinato, mas era o mais perto que podíamos chegar de sermos detetives.

Lavamos os dois copos em silêncio e em seguida nos distanciamos à espera que acontecesse novamente.

Gazi e Vaninha ficaram na área de serviço, cuja janela poderia servir de ponto de observação da cozinha. E eu? Bem, fiquei no banheiro, ao lado da cozinha, esperando alguém passar.

Os minutos foram passando e como boas crianças, estávamos impacientes antes mesmo que o ponteiro do relógio andasse por dez minutos. Saí do banheiro, busquei uma revistinha em quadrinhos e sentei na soleira da porta da cozinha para o corredor com a geladeira atrás de mim, tampando qualquer visão da pia. Minhas primas jogavam uno em silêncio sentadas na escada da área de serviço.

Foi quando senti sede e levantei. E dei de cara com uma colher e um pratinho dentro da pia. 

- COMO ASSIM? - espantei-me...  

As meninas enfiaram a cara na janela e ficamos todas culpando umas às outras porque ninguém tinha visto nada. Belas campers que tínhamos nos saído. 

Lavamos novamente o pratinho e a colher e nos postamos novamente esperando que o bandido da louça suja colocasse suas garrinhas de fora. Inspecionamos cuidadosamente a casa e todos pareciam continuar cochilando. 

Passados mais alguns minutos um chamado no portão. Uma vizinha amiga nossa trazia vários papéis de carta para trocar. Saímos em alvoroço e depois de alguns minutos discutindo qual valeria a pena pela troca de um "Amar é" da coleção, finalmente concluímos a troca.

E ao voltarmos à cozinha.... Nada menos que 4 copos. Agora eu fiquei possessa. Será que os adultos esperavam que saíssemos dali para colocar a louça furtivamente?

Desanimadas, vimos os tios se levantando, pegando seus filhos e se despedindo. Restaram na casa apenas as duas tias que moravam ali, vovó e vovô e eu e minha irmã que passávamos férias. Aliás, nem minha irmã, que saiu toda serelepe com as primas.

Não era hoje que o mistério seria desfeito.

Vovó me chamou para ajudar a picar os legumes para o jantar e minha tia mais velha foi fazer a polenta - comida presente em todos os nossos pratos.

Terminada a minha tarefa, puxei um banco e comecei a conversar com a titia sobre coisas banais. Até que vovô passou, pegou um copo de água na geladeira e pôs sobre a pia. Passou para a sala. Alguns minutos depois, voltou com outro copo e o colocou dentro da pia.

Abri e fechei a boca duas vezes. Estava solucionado o primeiro grande mistério da minha vida. Não existe uma louça-mãe que se reproduz...





|
Gostou?
4

Desafio Diversidade Literária 2014 - by Sammy Freitas

Posted by Samantha Freitas on 12 de dezembro de 2013 06:00 in ,



O ano de 2013 ainda não acabou. Mas já estou pensando no desafio literário de 2014. Tá certo que eu não consegui resenhar todos os livros dos Desafios de 2013, mas pelo menos todos foram lidos! 



Em 2014, o Desafio Literário ia morrer. Então, um grupo de amigas do Livro Viajante, criou no facebook um grupo de pessoas dispostas a participar de um Desafio Literário em 2014. Os temas foram votados e o grupo criado. Se quiser participar, seja bem vindos nesse grupo: Desafio Literário 2014.



O objetivo é ler um livro por mês dos seguintes gêneros literários abaixo. De quebra, ainda coloco minhas escolhas!


Janeiro: Fantasia
A Guerra dos Tronos - George RR Martin



"Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha - uma cruel mulher do clã Lannister - e sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda sua família."





Fevereiro: Romance histórico 
O Garoto no convés - John Boyne


Em abril de 1789, semanas após concluir no Taiti uma curiosa missão com fins botânicos - coletar mudas de fruta-pão para alimentar os escravos nas colônias inglesas -, o navio de guerra britânico HMS Bounty foi palco de uma revolta de parte da tripulação contra o capitão William Bligh, que acabou deixado à própria sorte em um bote em alto-mar junto com os marinheiros ainda fiéis a seu comando. Sem provisões e instrumentos de navegação adequados, o grupo enfrentou 48 dias de duras provações até alcançar a costa do Timor. O episódio inspirou numerosos livros e filmes.
Neste livro, a história da expedição é narrada do ponto de vista de John Jacob Turnstile, um garoto de Porstmouth, sul da Inglaterra, que sofre abusos de toda sorte, inclusive sexuais, no orfanato e pratica pequenos furtos nas ruas da cidade. Detido pela polícia após roubar um relógio, é salvo pela própria vítima do roubo quando esta lhe faz uma proposta: em vez de ficar encarcerado, embarcaria no HMS Bounty para passar pelo menos dezoito meses como criado particular do respeitado capitão Bligh. Turnstile aceita a barganha, planejando fugir na primeira oportunidade. Mas a rígida disciplina da vida no mar e uma relação cada vez mais leal com o capitão transformarão sua vida para sempre. É pela voz desse adolescente insolente e sagaz, mas ao mesmo tempo frágil e ingênuo, que o leitor acompanhará uma viagem repleta de intrigas, tempestades instransponíveis, cenários exóticos e lições de lealdade, paixão e sobrevivência. 

O autor acrescenta novos dados e interpretações a uma história até hoje misteriosa. Sugere, por exemplo, que a receptividade sexual das nativas do Taiti pode estar na origem da insatisfação que resultou no motim. Seduzidos - ou, no caso de Turnstile, iniciados - por elas, os marujos teriam considerado intolerável a idéia de retornar para casa, o que os colocou em linha de colisão com o capitão. 


Março: Policial/mistério 
O Inocente - Harlan Coben


Ao mesmo tempo forte e avassalador, o livro traz uma história que prende irresistivelmente a atenção - ela trata das escolhas que todos nós um dia somos obrigados a fazer e como alguns erros podem mudar nossa vida para sempre. Quando jovem, Matt Hunter matou acidentalmente um rapaz quando tentava separar uma briga. Foi preso e condenado a quatro anos de prisão. Agora, ao lado da esposa Olívia, grávida de seu primeiro filho, sua vida parece tranqüila, até que recebe misteriosas ligações em seu celular com câmera: imagens perturbadoras de Olívia e de um homem misterioso. Quando o sujeito morre com dois tiros no rosto, Matt passa a ser o principal suspeito não só desse homicídio, mas também de outros. Pois parece haver uma conexão macabra entre esses crimes e o passado de Matt... e o de Olívia também...


Abril: Ficção científica 
A morte da Luz - George RR Martin


Primeiro livro escrito por George R. R. Martin, autor da renomada série As Crônicas de Gelo e Fogo, foi premiado com os principais prêmios do mundo de fantasia e ficção científica. Desde essa primeira história o autor já mostra o que o tornaria mundialmente famoso, seus personagens que não são nem vilões, nem heróis, mas sim seres complexos como todos nós. Um planeta está prestes a morrer, seu caminho se afasta das estrelas que trazem vida àquele lugar. Suas 14 cidades, construídas rapidamente quando o planeta passou por perto de uma grande estrela, também estão moribundas. Worlorn não é o planeta que Dirk t’Larien imaginava, e Gwen Delvano não é mais a mulher que conhecera. Ela está ligada a outro homem e a esse planeta moribundo preso no crepúsculo, seguindo em direção à noite sem fim. Em meio à paisagem desoladora, há um violento choque de culturas, no qual não há códigos ou honra e uma batalha se espalhará rapidamente.


Maio: Romance contemporâneo
O silêncio das Montanhas - Khaled Houssein


O Silêncio das Montanhas traz como protagonista os irmãos Pari e Abdullah, que moram em uma aldeia distante de Cabul, são órfãos de mãe e têm uma forte ligação desde pequenos. Assim como a fábula que abre o livro, as crianças são separadas, marcando o destino de vários personagens. Paralelamente à trama principal, Hosseini narra a história de diversas pessoas que, de alguma forma, se relacionam com os irmãos e sua família, sobre como cuidam uns dos outros e a forma como as escolhas que fazem ressoam através de gerações. Assim como em O Caçador de Pipas, o autor explora as maneiras como os membros sacrificam-se uns pelos outros, e muitas vezes são surpreendidos pelas ações de pessoas próximas nos momentos mais importantes. Segundo o próprio Hosseini, o novo título "fala não somente sobre a minha própria experiência como alguém que viveu no exílio, mas, também sobre a experiência de pessoas que eu conheci, especial os refugiados que voltaram ao Afeganistão e sobre cujas vidas tentei falar tanto como escritor quanto como representante da Organização das Nações Unidas. Espero que os leitores consigam amar os personagens de O Silêncio das Montanhas tanto quanto eu os amo". Seguindo os personagens, mediante suas escolhas e amores pelo mundo - de Cabul a Paris, de São Francisco à Grécia -, a história se expanda, tornando-se emocionante, complexa e poderosa. É um livro sobre vidas partidas, inocências perdidas e sobre o amor em uma família que tenta se reencontrar. 


Junho: Livro infantil 
Noah foge de casa - John Boyne


Noah tem oito anos e acha que a maneira mais fácil de lidar com seus problemas é não pensar neles. Quando se vê cara a cara com uma situação muito maior do que ele próprio, o menino simplesmente foge de casa, aventurando-se sozinho pela floresta desconhecida. Logo, Noah chega a uma loja mágica de brinquedos, com um dono bastante peculiar. Ele tem uma história para contar, uma história cheia de aventuras que termina com uma promessa quebrada, uma história que vai levar o fabricante de brinquedos a pensar sobre o seu passado e Noah a pensar sobre aquilo que deixou para trás. Em seu primeiro livro juvenil desde o best-seller O menino do pijama listrado, o escritor irlandês John Boyne cria um mundo que mistura contos de fadas com os problemas mais cotidianos de um garoto comum. Esta fábula leve e inteligente prende os leitores presos até o final com dois grandes mistérios: por que Noah fugiu de casa e quem é o fabricante de brinquedos?


Julho: Chick-lit 
Tem alguém aí? - Marian Keyes


Anna Walsh é um desastre ambulante. Ferida fisicamente e emocionalmente destruída, ela passa os dias deitada no sofá da casa de seus pais em Dublin com uma ideia fixa na cabeça: voltar para Nova York.
Nova York é onde estão seus melhores amigos, é onde fica o Melhor Emprego do Mundo®, que lhe dá acesso a uma quantidade estonteante de produtos de beleza, mas também, e acima de tudo, é a cidade que representa Aidan, seu marido.
Só que nada na vida dela é simples...
Sua volta para Manhattan se torna complicada não só por conta de suas cicatrizes físicas e emocionais, mas também porque Aidan parece ter desaparecido.
Será que é hora de Anna tocar sua vida pra frente? Será que ela vai conseguir (tocar a gente sabe que sim; o negócio é pra frente)?
Uma série de desencontros, uma revelação estarrecedora, dois recém-nascidos e um casamento muito esquisito talvez ajudem Anna a encontrar algumas respostas. E talvez transformem sua vida... para sempre.


Agosto: Thriller/Aventura 
Sobre o mar e a pedra - Susan Cooper


Em férias na Cornualha, os irmãos Jane, Simon e Barney descobrem um antigo mapa no sótão da casa alugada por seu tio, um homem misterioso e sagaz. Na mesma hora tiveram certeza de que se tratava de um artefato extraordinário e especial. E muito mais do que isso ¿ a chave para encontrar o graal, uma fonte de poder na luta contra as forças do mal conhecidas como As Trevas.

Este é o primeiro volume da brilhante e cativante série de ficção A Rebelião das Trevas, escrita por Susan Cooper e que antecede Os Seis Signos da Luz (dezembro 2007, Novo Século), que foi adaptado para o cinema.



Setembro: Young adult (YA)
O beijo das sombras - Academia de Vampiros - Richelle Mead


Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi - os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade.
Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola.
Mas isso é só o começo. Em O beijo das sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar?

Richelle Mead dá uma nova face à literatura vampiresca com este romance: mais ácida, apimentada e inteligente do que nunca, a saga dos Moroi e seus guardiões surpreende pelas reviravoltas e pela ousadia desses cativantes personagens.


Outubro: Terror 
A estrada da noite - Joe Hill


Uma lenda do rock pesado, o cinqüentão Judas Coyne coleciona objetos macabros: um livro de receitas para canibais, uma confissão de uma bruxa de 300 anos atrás, um laço usado num enforcamento, uma fita com cenas reais de assassinato. Por isso, quando fica sabendo de um estranho leilão na internet, ele não pensa duas vezes antes de fazer uma oferta.
"Vou ´vender´ o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto..."
Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Sempre às voltas com seus próprios fantasmas - o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu -, Jude não tem medo de encarar mais um.
Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora.
O espírito parece estar em todos os lugares, à espreita, balançando na mão cadavérica uma lâmina reluzente - verdadeira sentença de morte. O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar. O morto é Craddock McDermott, o padrasto de uma fã que cometeu suicídio depois de ser abandonada por Jude.
Numa corrida desesperada para salvar sua vida, Jude faz as malas e cai na estrada com sua jovem namorada gótica. Durante a perseguição implacável do fantasma, o astro do rock é obrigado a enfrentar seu passado em busca de uma saída para o futuro. As verdadeiras motivações de vivos e mortos vão se revelando pouco a pouco em A estrada da noite - e nada é exatamente o que parece.

Ancorando o sobrenatural na realidade psicológica de personagens complexos e verossímeis, Joe Hill consegue um feito raro: em seu romance de estréia, já é considerado um novo mestre do suspense e do terror.


Novembro: Conto de Fadas/Lendas/Mitos
A Fada - Carolina Munhoz


Alguns jovens ganham presentes caros, passagens aéreas ou festas surpresa em seus aniversários de 18 anos. Melanie Aine ganhou o falecimento do pai, uma estranha tatuagem e a descoberta de que não era um ser humano. Como se tudo isso não fosse suficiente, Melanie ainda descobriu, por detrás da enevoada e mística cidade de Londres, um mundo fantástico que até poderia ignorar, se não fosse parte importante dele. Um legado que traz com ele diversas tragédias e problemas pessoais ao qual ela não espera se adaptar, mas não sabe se terá opção. A única parte recompensadora parece ser seu encontro com um homem misterioso, oriundo de uma família bruxa poderosa, cuja relação caminha em uma linha bamba e tênue que separa afeto e fúria. Um afeto que pode levá-la à transcendência e à vida eterna. Uma fúria que pode conduzi-la a morte e ao esquecimento. Dentre muitos feitiços, lutas, criaturas mágicas e eventos sobrenaturais, A Fada é uma história de descobertas e superações, sobre como o amor pode fazer várias pessoas redescobrirem a vida e a magia nela. “Uma história repleta de magia e espiritualidade. Uma candidata a seguir os passos de Alexandra Ardonetto e Cassandra Clare.”



Dezembro: Livre - Escolhi um livro indicado ao Goodreads de 2013: 
O chamado do Cuco - Robert Galbraiht (pseudônimo de JK Rowling)


Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.
Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.
Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P. D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.



E você? Vai participar de algum desafio em 2014? 






|
Gostou?
2

Codex de Ouro 2013 - Premiados! by Sammy Freitas

Posted by Samantha Freitas on 10 de dezembro de 2013 06:00 in , , ,




O Codex de Ouro acontece pelo segundo ano consecutivo aqui no Rio de Janeiro. Ele vem fazer um contraponto àqueles prêmios dados a títulos e autores que você nunca ouviu falar e nem mesmo entende o porquê deles terem ganho. 

O Códex de Ouro é uma premiação diferenciada que busca autores que podem até mesmo serem desconhecidos pela crítica, mas são conhecidos do público em geral, aquela velha propaganda boca-a-boca daquele autor nacional que tem um puta potencial e seu livro muitas vezes nem passou por uma grande editora. 

Mas o argumento é bom, a história é bem construída, os personagens cativantes e principalmente: agradou muita gente.

Entre todos os livros concorrentes, conheço pouquíssimos livros e de apenas duas categorias:

Fantasia:
    Filhos do Éden de Eduardo Spohr,
    Dragões de Éter – Círculos de Chuva de Raphael Dracon,
    Contos de Meigan de Roberta Spindler e Oriana Comesanha.
Sobrenatural / Terror
     O Caso Laura de André Vianco,
    A Arma Escarlate de Renata Ventura,


Agora chega de enrolação e vamos aos grandes Vencedores da noite:


Romance - Vencedor: 


Indicados: 
    Senhor do Amanhã de Vanessa Bosso,
    Estação Jugular de Allan Pitz,
    A Bandeja – Qual Pecado te Seduz de Lycia Barros,
    Ainda Não te Disse Nada de Maurício Gomyde,
    Para sempre Ana de Sérgio Carmach,
    Tocada de Juliana Giacobelli.



Chick Lit - Vencedor: 



Indicados: 
    As confissões de Laura Lucy de Fernanda Saads,
    Ser Clara de Janaina Rico,
    As Bem Resolvidas de Luís Eduardo Mata,
    Antes Tarde que Mais Tarde de Liana Cupini,
    Baby, Você Me Ama de Thaty Furtado
    Dividindo Mel de Íris Figueiredo.




Ficção/Fantasia - Vencedor: 



Indicados: 
    As Crônicas da Terra do Lago de Iracy Araújo,
    Filhos do Éden de Eduardo Spohr,
    Bios de Luiza Salazar,
    Draco Saga – O Despertar de Fábio Guolo,
    Dragões de Éter – Círculos de Chuva de Raphael Dracon,
    Contos de Meigan de Roberta Spindler e Oriana Comesanha.


 
Sobrenatural / Terror - Vencedor: 



Indicados: 
    Agridoce de Simone O. Marques,
    Marcada a Fogo de Josy Tortaro,
    As Bruxas de Oxford de Larissa Siriani,
    O Caso Laura de André Vianco,
    A Arma Escarlate de Renata Ventura,
    Anjo Negro de Mallerey Cálgara.





Suspense - Vencedor: 



Indicados: 
    Sussurros de uma Garota Apaixonada de Mandy Porto,
    Irresistivelmente Fatal de Márcio Scheibler,
    Orgasmos Fatais de Fernanda Borges,
    Jardim de Escuridão de Bianca Carvalho,
    Estação Jugular – Uma Estrada para Van Gogh de Allan Pitz,
    Selva Brasil de Roberto de Sousa Causo.






Juvenil - Vencedor: 




Indicados: 
    Garota Apaixonada em Apuros de Carolina Estrella,
    Minha Vida Fora de Série de Paula Pimenta,
    De Volta à Caixa de Desejos de Ana Cristina Melo,
    Fala sério, filha! de Thalita Rebouças,
    Tortura cor-de-rosa de Lycia Barros,
    A Caçadora – Sorriso de Vampiro de Vivanne Fair.




Antologia - Vencedor: 
 


Indicados: 
    Jogos Criminais de Sérgio Pereira Couto,
    A Batalha dos Deuses de Juliano Sasseron,
    O Segredo da Crisálida de Andréa Catrópa,
    Asgard – A Saga dos Nove Reinos de Sóira Celestino,
    Moedas para o Barqueiro 2 de Cristiana Gimenes,
    Extraneus III – Em Nome de Deus de M.D. Amado.



Além da premiação dos autores, também tem as categorias técnicas:


Design de Capa - Vencedor:


Indicados: 
    A arte da invisibilidade, Allan Pitz (Dracaena)
    Até eu te encontrar, Graciela Mayrink (Novo Conceito)
    Kôra e a masmorra de Átro, Ana Flávia Abreu (Llyr Editorial)
    Bios, Luiza Salazar (Undeground)
    Ser Clara, Janayna Rico (Underground)
    A fada, Carolina Munhoz (Novo século)





Booktrailer - Vencedor: 



Indicados: 
    Entre a mente e o coração, Lycia Barros (Novo Século)
    O senhor das sombras, Leandro Reis (Idea)
    Paz Guerreira, Talal Husseini (TH Prime)
    Lembranças de um diário, Michelem Fernandes (Baobá)
    Palladinum - Pesadelo Perpétuo, Marcelo Amaral (Llyr Editorial)
    Contos de Meigan - A fúria dos Cártagos, Roberta Spindler e Oriana Comesanha (Dracaena)





Publicidade Online - Vencedor: 



Indicados: 
    Filhos do Éden - Herdeiros de Atlântida, Eduardo Spohr (Verus)
    O preço de uma lição, Federico Devito e Rogério Mendonça (Novo Conceito)
    Ser clara, Janaina Rico (Underground)
    Filho teu não foge à luta, Fellipe Awi (Intrinseca)
   


Autor - Vencedor: 




Indicados: 
    Augusto Cury
    Eduardo Spohr
    André Vianco
    Felipe Pena
    Laurentino Gomes
    Raphael Draccon



Autora - Vencedor: 



Indicados: 
    Graciela Mayrink
    Janaína Rico
    Tammy Luciano
    Patrícia Barboza
    Carola Saavedra
    Leila Rego


Editora - Vencedor: 



Indicados: 
    Danprewan
    Novo Século
    Literata
    Underworld




Revista Literária - Vencedor: 



Indicados: 
    Coolture News
    Heloísa Buarque de Hollanda
    Fantástica
    Releituras 



Inspiratio Codex - Vencedor: 



Honoris Codex - Vencedor: 

Com o desejo de homenagear os grandes autores que há mais de três décadas contribuem com suas obras para o enriquecimento da vasta literatura nacional, o grupo Ponto do Autor criou a categoria "Honoris Codex" para que, independentemente de realizações no ano em foco, esses autores possam ser honrados com um Codex de Ouro especial, válido por todo o histórico de trabalhos realizados ao longo de suas vidas.

CRITÉRIOS PARA A ESCOLHA DO HONORÁVEL AUTOR
 
Cada membro do grupo indica um autor que tenha mais de 35 anos de carreira literária e defende sua indicação apresentando informações sobre a vida e a obra deste autor. Após uma primeira votação em que cada membro vota em dois indicados diferentes do seu próprio indicado, somente os dois mais votados passam por nova votação do grupo para a definição do honorável autor do ano.



Vox Populi 

Embora as indicações para o Codex de Ouro tenham por base a opinião do público leitor por meio de seus artigos e resenhas encontrados na web, tivemos o desejo de criar uma categoria em que o público pudesse eleger, por meio de votação direta e sem qualquer interferência de decisão do Ponto do Autor, um título e um autor ou autora destaque entre os indicados do ano.

MÉTODO DE VOTAÇÃO POPULAR
 
Os responsáveis pelo Skoob - O que você anda lendo, que é a maior rede social de literatura no país, e um dos nossos parceiros do Ponto do Autor na realização do Prêmio Literário Codex de Ouro, criaram uma ferramenta específica de votação para a escolha popular de um título e um(a) autor(a). 

Autor/Autora - Vencedor: 



Título - Vencedor: 











 
Ano que vem ficarei mais atenta ao nosso "Oscar Brasileiro de Literatura"

E você? Conhece algum título ou autor?




     


|
Gostou?

Copyright © 2009 Retalhos Assimétricos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.